quinta-feira, 26 de maio de 2016

Resenha - Para todos os garotos que já amei

Vi alguém descrever esse livro como: "previsível, de um jeito bom" e eu pensei, caramba é exatamente isso! Esse foi o tipo de livro que eu torcia o tempo todo para terminar como eu imaginava sem nenhuma surpresa decepcionante, porque tudo estava caminhando tão perfeitamente. E eu só fico aqui pensando em quanta fofura coube nessas páginas, Jenny Han escreveu uma história despretensiosa que me arrancou suspiros e muitas risadas, amei conhecer a história da divertida Lara Jean.

Foto: Leone Nunes

"Acho que agora consigo ver a diferença entre amar alguém de longe e amar de perto. (...). O amor é assustador; ele se transforma; ele murcha. Faz parte do risco. Não quero mais ter medo. Quero ser corajosa..." - Lara Jean

Lara Jean tem dezesseis anos, perdeu a mãe quando ainda era uma criança, então cresceu aos cuidados do pai médico e muito ocupado e da irmã mais velha Margot, com quem dividia a função de cuidar da irmã caçula, Kitty. Agora Margot está indo estudar longe e a responsabilidade de cuidar da casa ficou toda para Lara Jean. 

Na escola a jovem não é lá muito popular e sua vida amorosa não tem nada de especial como ela gostaria, mas tudo está preste a mudar. Lara Jean guardar suas cartas de amor em uma caixa, são cinco cartas, todas elas escrita para os cinco garotos que ela já amou. Escrever essas cartas é uma forma que ela encontrou para deixar esses amores para trás, mas as coisas se complicam quando essas cartas somem e Lara Jean descobre que todas foram enviadas para seus remetentes. 

Para seu desespero entre as cartas enviadas estava a carta de Josh, seu amor não esquecido, seu melhor amigo, vizinho e ex namorado de sua irmã Margot. E para não ser desleal com a irmã e evitar por um tempo o garoto por quem ela ainda é apaixonada, Lara Jean cria um plano louco e desesperado com um velho amigo Peter Kavinsky, que também recebeu uma carta da jovem.  

— Só para você saber, eu não tenho herpes. 
O que? Fico olhando para ele, boquiaberta. 
— Eu nunca disse que você tinha herpes. 
A voz dele ainda estava baixa, mas realmente furiosa. 
— Também não pego sempre o último pedaço de pizza. 
— Do que você está falando? 
— Foi você quem disse. Na sua carta. Que eu sou um cara egoísta que anda por aí passando doenças para as garotas. Lembra? 
— Que carta? Eu não escrevi nenhuma carta! 
Espera. Escrevi sim. Eu escrevi uma carta para ele há um milhão de anos. Mas não é dessa carta que ele está falando. Não pode ser." - Peter e Lara Jean

A interação entre esses personagens é algo tão leve e doce, que você nem percebe que está chegando ao fim do livro, Lara Jean é uma adolescente e adolescente são imaturos sim, mas ela é tão divertida que quase não notei essa imaturidade que foi tão comentada em outras resenhas. Josh foi um fofo e me fez dizer vários "Ahhh" ao longo da leitura. Kitty é simplesmente sensacional, a interação entre ela e Lara Jean era sempre divertida, me apaixonei por elas. Agora Margot, definitivamente não me agradou em nada, nem mesmo no final quando ela ficou menos chatinha ela me convenceu! 

E por fim Peter, não sei nem como explicar o porque eu gostei tanto desse personagem, eu confesso que no começo me peguei revirando os olhos para ele e para todo aquele ego inflado, mas ele foi me conquistando aos poucos e me vi encantada por tudo nele, desde seu espírito leve e brincalhão até pelo momento em que ele cedeu o último bolinho de arroz (ahhh gente, ele foi muito fofo), enfim acho que deu para perceber que no final das contas eu terminei a leitura #teampeter forever. 

"- Você só gosta de caras com quem não tem chances, porque tem medo. Do que você tem tanto medo? 
Eu me afasto dele até encostar na parede
- Não tenho medo de nada. 
- Até parece. Você prefere criar uma versão idealizada de alguém na sua mente a ficar com a pessoa." - Peter e Lara Jean

Mas não pense você que tudo foi resolvido depois da última página lida, não mesmo! Ainda tem muita ponta solta nessa história, nós ainda não conhecemos uma das cinco cartas enviadas, ex namorada sempre é um mal que precisa ser cortado pela raiz, o primeiro amor é cheio de questões a serem resolvidas e o coração de Lara Jean é grande demais para um livro só, por isso e por tantas outras coisas já agarrei a sequência "PS: Ainda amo você" e estou super ansiosa, se não recomendei essa leitura ainda, então está mais que recomendada! 

Skoob: 



22 comentários:

  1. Eu tenho muita vontade de ler esse livro, ainda mais depois de ter lido sua resenha! Arrasou!

    Um beijo.
    www.anneabreu.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anne, super recomendo é um história leve e fofa demais! Mais que recomendado!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  2. Oiii!
    Já ouvi e li muito sobre esse livro, e a impressão que me dá é de que seja realmente previsível, mas de leitura fácil e gostosa.
    Gostei da resenha!

    Beijo
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ludmilla!
      Sim, sim... é previsível, mas vale a pena a leitura, é relaxante e divertida, ri alto em muitos momentos!

      Beijos
      Dani Cruz
      blog-emcomum.blogspot.com.br
      Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

      Excluir
  3. Olá!!
    Esse livro é um amorzinho, ótimo para ajudar a sair da ressaca literária.
    Confesso que odiei a Margot, achei ela bem egocêntrica, rsrs.
    Você precisa ler a continuação! Muita coisa bacana acontece <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, é sim eu amei ler!
      Nossa senti o mesmo por essa personagem, deve ser mal de Margot, aff.. haha
      Já li a continuação e ameeeeeeeeeeeeeeeeei! ♥

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  4. Já li várias resenhas desse livro, tô doidinha pra ler e pra depois ler o segundo livro! *-*

    Cá entre nós, miga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sthefanny, esse livro é um amor, super recomendo!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  5. Beautiful post my dear! I will be very glad if you will come to me! Kisses )) NEW POST!!! http://blondelafemme.blogspot.ru/2016/05/summer-love.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani!
    Sabe que eu comecei a ler este livro, mas talvez não fosse o momento certo, pois não me prendeu e eu acabei deixando de lado. Mas quero sim retomar a leitura, e sua resenha me incentivou a continuar a ler. Gostei muito da sua opinião e me deixou curiosa. Preciso já comprar o segundo livro ehehehe.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nessa,
      O melhor momento para esse livro é quando você quer algo nada pretensioso e leve, só uma leitura para relaxar mesmo! Eu recomendo para depois de um livro daqueles que faz a gente sofrer horrores, porque a gente sempre precisa de um consolo, e esse livro é assim leve, divertido e apesar de previsível você o ama mesmo assim! Dá mais uma chance!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  7. Li as primeiras páginas desse livro e acabei deixando de lado por não ter me agradado muito, mas sua resenha foi tão cheia de elogios que conseguiu me convencer a dar uma segunda chance. Parece um livro leve e divertido, bem do jeito que adoro <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah ele merece mais uma chance Carol, ele é algo simples e fácil de ler, talvez não agrade mesmo a todos, principalmente quem gosta de leituras complexas e tal, mas quando quiser algo leve e divertido, esse livro é uma boa pedida!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  8. Oi, Dani linda!
    Esse livro... Ahhhhhhhh! É uma doçura incomum de se achar.
    Concordo plenamente com o que você disse. Tem muita gente reclamando porque ela é "imatura", mas o ponto é esse. É um liivro juvenil, um young, mas ainda assim conseguiu me fazer sorrir horrores e até umas lágriminhas me tirou! kkk
    Eu confesso que adorei a relação de Lara com as irmãs. Mas não curto muito criança levada como a Kitty, mas amei a Margot. Acho que por ter se sentido um pouco responsável no quesito "ser uma mãe para as minhas irmãs", ela ficou um pouco fria. E errou feio com a Lara! Mas ainda assim, não consegui detestá-la. O Josh é um amor que vou guardar para sempre! Que menino adorável!!! Mas não tem como não torcer para o Peter! kkk. Ele é incomparável!
    Arrasou na resenha como sempre! Deu até vontade de reler...
    Mil beijokas! entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anya!!!

      Amei ler esse livro, você tinha razão é um amor sem fim, leve e cheio de sorrisos bobos, simplesmente fofo demais! Já li o dois e me apaixonei ainda mais por esse personagens e eles cresceram tanto, Peter então, ah que menino fofo (a sua maneira claro), amei mesmo! Já quero mais livros assim na minha estante!
      Quando ler o dois me conta o que achou hein!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  9. Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de ler, :)

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  10. Ai, Dani, já estou encantada! Que livro lindo parece ser esse! Lembro que o vi certa vez na livraria, mas o meu estoque interminável de livros aguardando ser lidos (mais a tonelada dos que você já me trouxe) não permitiram trazer mais este. Até agora, né? rsrs Lindo mesmo, quero saber das tais cartas e me apaixonar por Josh! Beijão!!


    http://spaziodilibri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Fernanda, espero que você se apaixone mesmo é pelo Peter! O livro é encantador, super recomendo é uma leitura leve e divertida!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir
  11. Estou morrendo de curiosidade para ler esse livro, mas está sempre emprestado na biblioteca! Vou ver se encontro a versão digital para ler. Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu, espero que possa ler logo o livro é fofo e super recomendo! Não deixe de ler!

      Beijos
      Dani Cruz

      Excluir